Conheça nossa
Loja Virtual

Casa em estrutura metálica: flexibilidade e facilidade no monta e desmonta

casa-estrutura-metalica-monta-e-desmonta-01

Esta casa em Florianópolis mudou de endereço: saiu de uma mostra de arquitetura diretamente para o terreno à beira-mar. A história revela um jeito de morar bastante atual – compacto e flexível.

Vigas e pilares de aço, réguas de pínus e painéis de vidro: esse trio resultou leve e fácil de transportar. Com apenas 50 m², a planta atende aos momentos de lazer e se converte em espaço de trabalho. O cilindro metálico na cobertura é a caixa-d'água, vestida com uma capa de alumínio.

A rotina agitada atual sugere abrir mão de áreas supérfluas e estáticas em nome de ambientes compactos e versáteis. Exatamente o que fez o arquiteto paranaense Abreu Jr. ao desenhar esta casa. Curador de uma mostra de arquitetura em Florianópolis, onde mora há duas décadas, ele lançou urna pergunta a si mesmo e aos demais participantes do evento, realizado dois anos atrás: "De quanto espaço urna pessoa realmente precisa para viver com conforto?" Somando sala de estar/quarto (reunidos num mesmo local), cozinha, banheiro e home office, Abreu concluiu que 50 m² eram suficientes e deu forma a um protótipo multifuncional de aço, madeira e vidro. Mais tarde, comprovou a viabilidade da aposta: após o encerramento da exposição, levou a moradia da ficção para o mundo real, onde a adotou como seu refúgio de fim de semana. Satisfeito, ele não sente falta de um metro sequer a mais.

A opção por uma estrutura desmontável excluiu a alvenaria. No cubo de 3 x 3 m que reúne home theater, banheiro e cozinha numa mesma peça, as paredes são painéis de MDF com 20 mm de espessura e revestimento melamínico (Móveis Vogue). Nos pontos por onde passam fios e canos, elas são duplas, com 5 cm entre as chapas.

Vidros temperados 20 mm (personal Glass) fecham a construção. 20 Cada um mede 0,50 x 2,10 m, embora o projeto previsse peças com 2,50 m de altura, medida do pé- direito, "O fornecedor não garantia a integridade de chapas tão grandes", explica o arquiteto, que usou uma cinta metálica de 40 cm para preencher o vão até o teto.
Um sistema especial de ferragens permite recolher e alinhar os painéis de um lado só. O transporte exige embalá-Ios um a um com plástico bolha e enfileira-los – empilhados, eles poderiam quebrar.

O conceito de espaço flexível foi levado a sério:

Veja como a sala de estar se modifica conforme o Sol se põe. Durante o dia (à dir.), dois pufes fazem as vezes de sofá. À noite, os estofados são dispostos lado a lado e compõem uma cama. Quando vira quarto, o ambiente conquista privacidade com persianas vinílicas do tipo rolô, fechadas por controle remoto (Luxaflex, fornecidas pela Carlos Machado). Outro exemplo de dupla função reside na mesa de refeições, transformada em bancada de trabalho.

O atual endereço já estava nos planos do arquiteto. Proprietário há quase dez anos de um terreno na praia de Morro das Pedras, no sul da ilha de Florianópolis, ele aguardava apenas uma boa oportunidade para ocupá-lo - por isso, a ideia da transposição já nasceu com o projeto. Embora desfrute os 50 m² geralmente nos momentos de lazer, Abreu Jr. diz que este poderia ser seu espaço do dia a dia. "A casa comporta todos os itens necessários para um solteiro ou mesmo um casal viver com comodidade", garante o profissional, que durante a semana ocupa um loft de 90 m² no centro da capital, a 17 km de distância. De tão feliz com a praticidade construtiva e a versatilidade da moradia, o arquiteto já cogita uma réplica da proposta, desta vez na montanha - ou mesmo um novo desmonte da estrutura e a mudança para outro lote.

Na mostra, a casa ficava 1 m acima do solo, medida elevada para 2,50 m no litoral. Sem essa extensão, não seria possível ver o mar, por isso os pilares de aço foram apoiados em bases de concreto. A estrutura metálica resiste à maresia graças a uma tinta especial usada no casco de navios (Inter Coatings). Brises de pínus autoclavado (Ecopine) amenizam a claridade excessiva.

casa-estrutura-metalica-monta-e-desmonta-02

Pronta em dois meses

Com a suspensão da estrutura 2,50 m acima do terreno, sobrou espaço para uma garagem no subsolo. A caixa-d'água, com capacidade para 1 000 litros, fica acima do cubo que centraliza as instalações hidráulicas. Maleável. a área interna é ora compacta, ora ampla, conforme a abertura dos painéis envidraçados que a conecta ao exterior.

A versão executada para o evento consumiu 30 dias, prazo duplicado na montagem posterior. Contribuíram para isso a preparação das fundações (1) (sapatas isoladas de concreto), a pintura de pilares e vigas e as chuvas do período. A estrutura metálica, que havia sido cortada nos pontos de solda, teve a ligação refeita (2) e recebeu a cobertura (um sanduíche de alumínio e poliu reta no, da Thermocolor). Depois, bastou envidraçar as laterais e aprontar o interior.


Projetos Arquitetónico:
Abreu Jr. Arquitetura/coautoria de Jimi Haensel e Bia Kubelka

Estrutura Metálica: PJ Engenharia

Fonte:

Revista Arquitetura & Construção - Dezembro 2010

     

    Preço
    R$ 249,90
    à vista

    ou em até 8x de R$ 31,24

    M_in_noticia