Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
Arquitetura Romântica- Uma folha aos pés do Fuji
A Leaf Chapel em todo seu esplendor...
Essa incrível construção em formato de folha metálica é realmente uma visão linda e diferente, localizada nas dependências do resort Risonare hotel em Kobuchizawa, no estado de Yamanashi.

O resort Risonare nomeado por seu criador Mario Bellini1, recebeu esse nome, Risonare (em italiano significa a ‘’ressoar’’) para designar a beleza natural do lugar que é capaz de ser sentida ressoando pelos Alpes japoneses.
Risonare é um dos hotéis mais cativante já projetados no Japão a propriedade possui 70.000 m2 localizada ao sopé das montanhas, ao sul do monte Yatsugatake e aos pés do monte Fugi o hotel imita uma aldeia italiana.

A Capela-Jardim, Leaf Chapel ou ‘’ZONA ’’(nome oficial) foi projetada pelo escritório de arquitetura o KDa em maio de 2004. ZONA recebeu medalha de prata em 2005 da D & AD Awards Prêmio de Sustentabilidade, Design e Arquitetura, esse é um dos mais prestigiados prêmios internacionais para a concepção e publicidade indústrias criativas.

A Leaf Chanel ou ZONA é formada por duas folhas ‘’caídas uma por cima da outra’’, uma de aço e outra de vidro criando a impressão de uma folha só com duas camadas.

Considerado um projeto fabuloso no mundo inteiro desenvolvido pelo escritório Klein Datam Architecture (KDa), com sede em Ebisuko no Japão.

O escritório foi criado pela dupla de arquitetos , a italiana Astrid Klein, filha de alemães, educada na Inglaterra e França e pelo marido inglês Mark Dytham que entre outras façanhas foi homenageado em 2002 pela rainha com a cobiçada medalha de Membro do Império Britânico (MBE).

Astrid e Mark estudaram no Royall College of Art em Londres e possuem uma visão pra lá de futurista e moderna , o casal é famoso pela concepção inovadora no desenvolvimento de projetos arquitetônicos, arte em espaço públicos e instalações.

Feita para casar...

ZONA que em italiano significa castelo ou Leaf Chapel em versão inglesa é uma capela luxuosa idealizada para realização de casamentos. A edificação foi construída em um local privilegiado nos refrescantes jardins do hotel resort em Kobuchizawa.

A capela é formada basicamente por duas folhas, uma interna em aço e a outra formando um telhado de vidro azulado ornado por detalhes artísticos que imitam as rendas delicadas de um vestido de noiva em motivos florais com glicínias desenhadas.

As vigas curvas que suportam o telhado são tubos de aço que pretendem imitar os galhos das glicínias.

A ideia de acordo com Astrid é provocar na imaginação um coquetel sinestésico, ora imitando uma folha trazida pelo vento, ora um enorme caramanchão coberto por galhos e flores.
Internamente, a folha de aço branco é revestida com um tecido branco desenhado com os mesmos padrões florais do exterior, filtros de luz colocados estrategicamente através de lentes de acrílico iluminam o padrão da renda sobre o tecido branco.

São no total 4700 perfurações guarnecidas com essas lentes provocando um efeito magnificamente delicado.

Durante o dia de acordo com a mudança de ângulo da luz do sol com a passagem do tempo é possível observar surpresa uma miríade de diferentes padrões delineados em aço luz.
Romântica, moderna e mística, ZONA construída no Japão por uma italiana e um inglês, tem um nome italiano e um design que mescla a alta tecnologia ao tradicionalismo oriental.
Assista ao vídeo e mergulhe um pouquinho nesse mundo mágico.


Um Momento Mágico

No final da cerimônia quando o noivo levanta o véu da noiva para o tão desejado beijo “véu de aço ‘‘ de 11 toneladas magicamente abre simultaneamente no espaço de um beijo revelando a lagoa e a natureza encantadora”.
À noite ZONA Capela Folha se ilumina como uma lanterna brilhando no escuro.
O Trabalho Impressionante de Astrid Klein e Mark Dytham

Astrid Klein e Mark Dytham são arquitetos globalmente famosos cujo trabalho é adorado no Japão.

Seu trabalho é reverenciado por jovens designers de todo o mundo. O trabalho profissional do estúdio é tão inovador, notável e divertido como suas famosas ideias.

Eles afirmam que foram atraídos pela beleza austera da arquitetura tradicional e a audácia de edifícios modernos.

Como diz Astrid, eles sempre sonham alto, tentando fazer a diferença e definindo um novo marco a cada trabalho.
Em verdade suas criações são altamente incomuns e inovadores. Suas obras são tão incomuns que chegam a surpreender o mundo e os empresários japoneses oferecem quantias tão fabulosas e incomuns quanto o trabalho da dupla para terem essas construções de sonho.
Astrid explica que eles formam uma parceria que se completa mutuamente, ela trabalha essencialmente com o design dos interiores e Mark cuida da engenharia e arquitetura.

O escritório em Ebisu possui 15 funcionários e embora a língua no escritório seja o japonês todos os seus funcionários são bilíngues e estudaram e trabalharam no exterior.

Uma das realizações mais fabulosas da dupla foi o momento em que eles criaram uma tapeçaria em uma tela de 274 metros de comprimento em um edifício da Tadao Ando ao longo de Omotesando.

Seus trabalhos mais recentes foi projetar o esquema de cores para a fachada das torres Tomamu nas montanhas de Hokkaido e o design interior dos escritórios do Google em Roppongi, em estilo contemporâneo e nada ortodoxo.

Informações do projeto:

Nome: ZONA (Leaf Chapel).
Modelo: Arquitetura Religiosa.
Escritório de Arquitetura: KDa.
Arquitetos responsáveis: Astrid Klein e Mark Dythan.
Materiais empregados: Aço, vidro e acrílico.
Localização: Japão, estado de Yamanashi.

Fonte: Redação : Equipe Portal Metálica - Lia Gonzaga.
Data de publicação: 14/12/2015