Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
Sky Tower - Nova Zelândia
A Sky Tower é uma torre de comunicação e observação erguida na cidade de Auckland, na Nova Zelândia durante a década de 90. Com 328 metros de altura constitui a estrutura mais alta do Hemisfério Sul e uma das torres mais altas da atualidade. Tornou-se o ícone de Auckland, atraindo milhares de turistas anualmente.
Construção

A Fletcher Construction foi contratada para a realização do projeto enquanto a Beca Group Ltd. foi contratada para projetar a canalização, iluminação e o design do exterior. Ao final da construção, concluída 6 meses antes do previsto, a Sky Tower recebeu o Prêmio Nacional do Instituto de Engenharia da Nova Zelândia.

Características da Construção:

• A torre foi construída com concreto reforçado.
• Os seus 12 metros de diâmetro contém 3 elevadores e uma escada de emergência.
• A construção está apoiada sobre 8 pilares e 16 fundações, cada uma com 39 pés (12 metros) de profundidade.
• Durante a construção foram utilizados mais de 15 mil metros cúbicos de concreto, 2 mil toneladas de aço e 600 toneladas métricas de aço estrutural.
• A antena sozinha pesa 170 toneladas métricas.
• Para a conclusão da antena, um gigantesco guindaste teve de ser construído anexo à torre, já que era pesada demais para ser carregada por um helicóptero.

Problemas

Assim como parte das estruturas altas, o principal problema da Sky Tower são os ventos constantes naquela altura, alguns superiores a 200 km por hora. A torre foi concebida para resistir a esse tipo de problema natural e também a terremotos por um período de mil anos.
A torre também possui quartos e salas à prova de fogo e com abrigos e saídas de emergência. Até a construção, só foi fechada uma vez por razão de uma tempestade de 150 km por hora em 2006, que fez a torre balançar muito, assustando os visitantes que ficaram aturdidos.

Iluminação

Uma das características proeminentes da Sky Tower é a iluminação noturna que dispõe de uma coleção de combinações de cores referentes às Datas Comemorativas do país ou a objetos específicos.

Iluminação Eficiente

No final de Maio de 2009, foi instalado um novo sistema de iluminação na Sky Tower que utiliza luzes LED, como inciativa para reduzir o desperdício de energia. A antiga iluminação, instalada em 1997, era de difícil manutenção devido a altura da torre. Calcula-se que o novo sistema de iluminação economize cerca de 66% de energia, além de evitar a poluição da cidade.
Essas lâmpadas LED utilizam menos watts para produzir efeitos luminosos do que os holofotes comuns e também duram bem mais do que estes antigos. A primeira demonstração do novo sistema LED ocorreu em 29 de maio de 2009, quando a torre reproduziu um arco íris no centro de Auckland.

Conservação de energia

Já que durante os meses de Inverno, o consumo de energia elétrica aumenta consideravelmente na Nova Zelândia (utilizando da capacidade máxima dos rios e lagos), o governo entrou com uma série de projetos para evitar um apagão geral em toda a ilha.
Num esforço para promover a mobilização da população, a Sky Tower permaneceu apagada durante todo o Inverno de 2008, mantendo apenas as luzes vermelhas da antena. Simon Jamieson, gerente da SKYCITY Auckland Hotels Group, disse:
"Como todo o povo neozelandês, estamos preocupados com o abastecimento de energia do país e acreditamos que é nossa responsabilidade realizar esta mobilização social para gerar essa economia" — Simon Jamieson

A torre foi acesa novamente durante as Olimpíadas de Pequim de 2008.

O que fazer na Sky Tower?

A Nova Zelândia é famosa pelas paisagens exóticas e pelos esportes radicais. A Sky Tower pode não ser uma obra da natureza, mas é, com certeza, capaz de testar os nervos de qualquer turista que se disponha a saltar do alto de um deck com 192m de altura. O SkyJump é uma das principais atrações da torre que proporciona aos aventureiros uma queda livre de 16 segundos a uma velocidade de 75 quilômetros por hora. Outra atividade radical na mesma altura é o passeio em uma plataforma externa com 1.5 metros de largura, onde os "pedestres" podem caminhar livremente, presos apenas por um cabo de aço.

Os demais pontos de observação são atrações únicas, começando pelos 3 elevadores em vidro, que permitem uma visão interna do prédio espetacular. As escadas, que somam 1029 degraus, podem ser percorridas somente em eventos especiais, como na competição que mede a subida mais rápida – o recorde atual é de 5 minutos e 7 segundos, quando, normalmente, leva cerca de 25 minutos para chegar ao observatório principal. Existem outros 5 pontos de observação que abrigam restaurantes, cafés e plataformas de visão de 360 graus da cidade. Em dias claros e luminosos, é possível enxergar pontos até 82 quilômetros distantes. A iluminação externa também é um espetáculo, que se renova de acordo com as datas comemorativas.
Assista ao vídeo da Torre

Ficha Técnica

Localização: Auckland, Nova Zelândia
Status: Completa
Construção: 1994-1997
Uso: Comunicação e Observação
Altura (Antena/Topo): 328 m (1,076.1 ft)
Telhado: 222m (728.3 ft)
Elevadores: 3
Arquiteto: Craig Craig Moller Ltd.
Fonte: Wikipedia
Data de publicação: 03/09/2012