Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
Ponte Estaiada Octavio Frias de Oliveira em SP
A ponte Octávio Frias de Oliveira é um marco na arquitetura nacional, pois foi construída com um formato único no mundo: duas pontes em curva formando um X e sustentadas por estais ligados a um único mastro. Uma ponte estaiada é uma ponte suspensa por conjuntos de cabos de aço (os chamados estais, que dão origem ao nome estaiada), conectados a uma torre ou mastro com a função de dar sustentação às suas pistas. Moderna, é construída em locais onde o uso dos pilares não é aconselhável. É considerada a evolução da tradicional ponte pênsil.
Como funcionam os estais que sustentam as pontes?

A sustentação das pontes é feita por estais, que são feixes de cabos que variam de 15 a 25 cordoalhas de aço, revestidas por uma bainha de polietileno amarelo, cuja finalidade é proteger os estais da chuva, do vento e dos raios do sol. São 492 toneladas de aço, que se fossem colocadas lado a lado daria para percorrer 378 mil metros, equiparável à distância entre a cidade de São Paulo e a de Ourinhos (370 km). O maior estai tem 195 metros e o menor 78 metros. A distância entre os estais é de 7 metros do lado do rio, e de 6,5 metros do lado do sistema viário. Conforme o arquiteto João Valente, projetista da ponte estaiada, “a cor amarela dos estais foi escolhida por razões estéticas. A idéia foi montar uma espécie de ‘rede de luz’ no meio do céu”.
Ponte dupla estaiada com mastro em “X” sobre o rio Pinheiros

Projeto básico:

Duas pontes independentes

O Cruzamento entre as duas pontes ocorre próximo a Av. Jornalista Roberto marinho.
Cada tabuleiro estaiado é suportado por um mastro.
Mastro de estaiamento
Tabuleiro

2 faixas de 3,50m ; 1 acostamento de 2,00m.
2 faixas de segurança de 0,60m.
2 passeios de emergência de 1,00m.
Interferências locais (fundação)
Cada torre possui 105m acima do tabuleiro.
Estaiamento

2 vãos simétricos de 143,0m de comprimento.
2x22 estais em cada vão.
Estais espaçados longitudinalmente a cada 6,0m.
Apoios extremos

Travessa circular.
Ligação monolítica com o tabuleiro.
Arquitetura alternativa

Participação de dois novos profissionais:
Eng. Guy Fremont (Jean Muller International)
Arq. Charles Lavigne (Charles Lavigne Architecte)
Projeto arquitetônico de Charles Lavigne

União entre os povos

Exemplos de como as pontes significam união entre as nações, a seguir veremos várias moedas que utilizaram imagens de pontes com esse simbolismo:
Onde Fica?

Na Marginal Pinheiros, entre as pontes do Morumbi (Caio Pompeu de Toledo) e Engenheiro Ari Torres, em uma região que se tornou o mais novo pólo econômico da capital. Situada na zona sul, está nas proximidades das avenidas Luiz Carlos Berrini e Nações Unidas.
Como são as pontes?

O comprimento das pontes é de 2.887 metros. Os vãos estaiados possuem 290 metros, com 16 metros de largura, sendo 10,5 metros para as três faixas de rolamento.

A ponte mais alta, sentido avenida Jornalista Roberto Marinho para a Marginal Pinheiros, tem um vão de 23,4 metros de altura, e a mais baixa, sentido Marginal Pinheiros para avenida Jornalista Roberto Marinho, tem 12 metros
O asfalto utilizado nas pontes é da categoria SMA (Stone Mastic Asphalt), mesmo tipo usado no Autódromo José Carlos Pace (Interlagos). Essa pavimentação apresenta alta resistência a impactos e a cargas em movimento. Também permite maior drenagem e evita deformações do asfalto.

Nos 290 metros estaiados de cada lado foram colocadas placas de alumínio chamadas de “narizes de vento”, utilizadas para dissipar o vento nas pistas. Tanto as pontes quanto o mastro são pintados com um verniz antipichação que permite até quatro lavagens consecutivas.
As pontes possuem um sistema de drenagem de águas pluviais que faz com que a água passe por caixas de passagem antes de ser lançada ao solo, o que evita a sujeira nas pistas.

A ponte estaiada virou ponto de referência na cidade antes mesmo de ficar pronta. Durante a construção, diversas equipes de revistas, televisões e agências de publicidade de todo o país usaram a obra como pano de fundo para fotos de catálogos de moda, e gravações de propagandas comerciais. Alunos de engenharia e arquitetura de universidades paulistanas também visitaram a ponte.
Projeto executivo
Uma única obra
O Cruzamento entre as duas pontes ocorre no mastro (margem do rio Pinheiros).
Ambos os tabuleiros estaiados são suportados por um único mastro.
O mastro em “X” nasceu da necessidade estrutural e não arquitetônica !
PONT DE TERENEZ CHARLES LAVIGNE
Cada tabuleiro curvo necessita de um mastro inclinado para ser equilibrado.
Como o cruzamento entre os tabuleiros ocorre junto ao mastro, as torres inclinadas se interceptam, contraventando-se entre si.
Clique para Página 2 ->