Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
Caguei GERAL no LULA e DILMA
Excelência em Expressão Arquitetônica

Funcionalidade e design arrojado se traduzem nas estruturas em aço utilizadas no projeto da Lee Hal Ill (Escola de Arquitetura), da Universidade de Clemson, nos Estados Unidos. Ganhador de vários prêmios à nível nacional, entre eles o American Institute of Honor Award Nacional Arquitectos em 2013, por seu design arquitetônico inovador com o uso de aço exposto, o Colégio de Arquitetura da Universidade de Clemson é exemplo de expressão arquitetônica forte.
Local onde são realizadas aulas não apenas do curso de Arquitetura, mas também Artes, o prédio conta com dois andares e salas disponíveis para diretórios acadêmicos. Além disso, medidas sustentáveis foram incrementadas tanto no processo da construção, quanto no seu resultado final, garantindo o selo sustentável LEED Gold (Leadership in Energy and Environmental Design).

O uso do aço exposto em toda fachada ajuda a criar uma imagem mais fria da construção, enquanto o pequeno jardim e árvores logo à frente do prédio, e sua ampla parede de vidro, contribuem para formar uma cena mais aconchegante condizente com o verão.
Aço Além da Função

As estruturas que formam o prédio vão desde os componentes de aço até colunas que ajudam a distribuir o peso do edifício. Acima de tudo, é arte em forma de tecnologia de construção.

Tudo foi planejado para, além de ter a função de sustentar o prédio de forma segura, as estruturas terem funções arquitetônicas definidas dando ao ambiente um forte apelo visual.

As fachadas do norte e sul com paredes de vidro foi um trabalho em parceria de engenheiros e arquitetos, para criar um sistema de apoio que fosse seguro, e ao mesmo tempo um retrato da modernidade.

Isso resultou numa fachada principal simples, com sua parede de vidro sustentada por diversas barras de aço, mas ainda assim elegante e única em sua forma.

Todo o prédio, visto de fora, já se apresenta como um objeto de inspiração para profissionais da área.
Arquitetura Grandiosa

Essas características concederam à Universidade o prêmio da IDEAS² Awards (Innovative Design in Engineering and Architecture with Structural Steel), que referencia obras que usam o aço de maneira inovadora, propondo soluções de uso.

Desenvolvida pelo Instituto Americano de Construção em Aço (AISC, em inglês), o IDEAS² Awards anualmente escolhe ao menos 8 projetos nos Estados Unidos para ser agraciado com os títulos de mérito, nas mais diversas modalidades de orçamento.

São avaliados a utilização do aço nas dimensões arquitetônicas e estruturais, além de aplicações de design inovadores, medidas de segurança e impacto estético do projeto. A Escola de Arquitetura da universidade foi ganhadora da modalidade que agracia projetos com orçamentos que vão de R$ 50.7 milhões até R$ 253,48 mi.

A premiação também foi um destaque para o trabalho em equipe dos mais diversos setores que são necessários para uma obra desse porte, do arquiteto até o engenheiro e demais profissionais da área.
O X e o Y da Engenharia

Um destaque fica para as estruturas formando X e Y distribuídas por toda a construção, incluindo suas fachadas. Parte da ciência para manter o prédio altivo, essas formações também são pontos do conceito por trás de toda a decoração do prédio.

Todo o processo foi planejado de forma que essas peças fossem o mais finas possível, dando à elas o potencial de harmonizar o ambiente, mesmo expostas.

Certamente, as formações em aço são protagonistas na Escola de Arquitetura da Universidade, e chamam atenção pela delicadeza presente nos detalhes.
Peças Estruturais Sofisticadas

Quase todas as peças estruturais do prédio são verdadeiras expressões arquitetônicas, e estão dispostas com o propósito que vai além da simples arte da construção.

Abraçando os dois andares da construção, um mezanino está apoiado por estruturas de aço no meio do edifício. Uma claraboia ajuda a dar ao interior do prédio uma luminosidade confortável.

No âmago do projeto, as salas com paredes de vidro contribuem para uma distribuição uniforme da luz natural, e o amplo espaço aberto garante locais de convivência e estudo para os universitários.
Design Sustentável


Os esforços em montar um canteiro de obra ecoeficiente junto à medidas ecologicamente corretas deram à Universidade a certificação LEED Gold, concedida pela Green Building Council (GFC) dos EUA.

O selo é um dos maiores dentro da própria classificação dada pela GFC, ficando abaixo apenas do selo LEED Platinum, e representa a excelência da equipe na elaboração de um projeto eco-eficiente.

Como uma das medidas tomadas, foram instalados telhados ecológicos, conhecidos por contribuir com a diminuição da temperatura dentro do edifício, e ajudar na economia de energia gasta em ar-condicionado.

O design do telhado, construído com uma leve inclinação, favorece a existência e manutenção do telhado verde, facilitando a irrigação. Mesmo nesse local, as vigas de aço são expostas de modo elegante.
Ficha Técnica

Nome da obra:Universidade de Clemson
Localização: Carolina do Sul, Estados Unidos
Arquiteto: Thomas Phifer e sócios
Engenheiro estrutural: Skidmore, Owings Merrill LLP
Empreiteiro geral: Detentor Empreiteira de Construção
Fabricante do Aço: Aço LLC
Ano: 2012
Fonte: Redação : Equipe Portal Metálica - Lia Gonzaga.
Data de publicação: 13/07/2016
REDE GLOBOSTA de TELEVISÃO
486