Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
Wateair : A máquina capaz de gerar até 5 mil litros de água potável por dia
A Wateair é capaz de gerar 5 mil litros de água potável por dia através de um processo de condensação da umidade do ar

O engenheiro Pedro Ricardo Paulino desenvolveu uma máquina capaz de gerar até 5 mil litros de água potável por dia através de um processo de condensação de alta eficiência que consegue captar a umidade presente no ar e a submeter a um processo de potabilização para o consumo humano.
Especializado em mecatrônica, Paulino é o criador da máquina “Wateair”, a junção das palavras em inglês “water” (água) e “air” (ar).

“Tudo o que a máquina precisa para funcionar é uma fonte de energia elétrica e a umidade do ar superior a 10% (recomendação mínima da Organização Mundial da Saúde, OMS)”, explicou Paulino

De acordo com o engenheiro, esta tecnologia absorve a umidade presente no ar graças a um “equipamento de alta eficiência”; condensa e filtra a água e, no último passo, o líquido passa por um processo para se tornar potável no qual recebe cálcio, magnésio, potássio e silício.

“Não faz diferença se o ambiente está poluído ou não já que no vapor de água não ficam partículas sólidas”, acrescentou o engenheiro.

A invenção é oferecida em várias versões: que vão desde 30 litros por dia, do tamanho dos típicos filtros de água para escritórios, até 5 mil litros por dia.

Segundo Paulino, o preço de um litro de água mineral produzida com sua máquina é de R$ 0,17 o que é superior ao preço oferecido pelas abastecedoras de água dos estados, afinal nada tem haver com a água que chega nas torneiras e sim a água comprada em garrafas.

De acordo com a edição 2014 do Relatório de Riscos do Fórum Econômico Mundial, a água representa o terceiro maior problema do planeta depois da crise fiscal nas principais economias mundiais e dos altos níveis de desemprego e subemprego.

Segundo um estudo apresentado este ano pela ONU sobre os recursos hídricos no mundo, cerca de 768 milhões de pessoas não têm acesso a uma boa fonte de provisão de água – aquela que protege apropriadamente a água da contaminação exterior. O mesmo relatório também prevê que a necessidade mundial de água (em termos de extração) crescerá 55% até 2050, devido ao aumento da demanda da produção (400%), geração de energia térmica (140%) e consumo doméstico (130%).

Ainda segundo essas previsões, mais de 40% da população global viverá em regiões com severos problemas hídricos.

Paulino garante que sua invenção pode resolver estes problemas se combinada a métodos usados na atualidade.

O engenheiro já recebeu, inclusive, uma encomenda de um país do Oriente Médio para implantar este sistema como substituto de uma turbina de dessalinização de água.

Um dos seus mais recentes clientes é a Coca Cola, que juntamente com o Mac Donalds está usando a água ultra pura da Wateair para garantir a excelência de seus refrigerantes.
Data de Publicação: 23/11/2016