Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
Tendências na Construção Civil para 2017
Radiação eletromagnética capta imagens elétricas (imageamento elétrico) e detecta infiltrações no concreto

Pesquisadores norte-americanos, da Universidade da Carolina do Norte, nos EUA, desenvolveram técnica para monitorar a umidade em materiais à base de cimento, a técnica é chamada de Tomografia de Resistência Elétrica (ERT, em inglês, Electrical Resistance Tomography).

Através dessa técnica baseada na radiação eletromagnética, é possível obter imagens do fluxo da umidade não saturada tridimensional (3D) em materiais à base de cimento que contenham rachaduras.

Utilizando o que há de mais de avançado na tecnologia atual, o método fornece um ‘’quadro absoluto de imagem’’ que permite visualizar as fissuras induzidas pelas cargas.

Menos cara e com uma capacidade de percepção infinitamente mais profunda a ERT demonstra ser uma opção tremendamente mais vantajosa e eficaz em relação às outras técnicas já empregadas para contornar o problema de infiltração.

Vários métodos de imagem que exploram a radiação eletromagnética têm sido usados para estudar materiais à base de cimento e fissuras nas estruturas de concreto.
Por exemplo:

• Radiografia 2D
• Neutron Radiografia
• Radiografia 3D com Tomografia Computadorizada
• Espectroscopia de Impedância Elétrica (EIS)

Todos esses métodos, debalde, demostraram ser frequentemente impraticáveis pois são geralmente limitados a geometrias pequenas (na ordem de alguns centímetros), apresentam uma demanda de energia muito elevada e exigem grandes instalações (como um reator nuclear no caso de imagens de nêutrons), podem ser invasivas e ainda custam caríssimo.

Como funciona?

Uma série de eletrodos que são distribuídos em volta da estrutura de a ser monitorada.
O processo é realizado com o auxílio de um aplicativo de computador que programa que monitora os pulsos eletromagnéticos que ocorrem nos pares de elétrodos e circulam sistematicamente em volta da estrutura.

O resultado obtido é a imagem tridimensional da água no interior da estrutura desse modo é possível determinar o grau de profundidade e velocidade do fluxo de infiltração.

A imagem abaixo demonstra a utilização do método utilizando um modelo (‘’maquete’’) de um reservatório de água.
Imageamento mostrando a infiltração no concreto em horários específicos
Fonte:Can Electrical Resistance Tomography be used for imaging unsaturated moisture flow in cement-based materials with discrete cracks?
Imageamento elétrico e outras aplicabilidades

Apesar de ser uma novidade o emprego do imageamento elétrico para detecção de fissuras e infiltrações no concreto, o imageamento elétrico já vem sendo largamente enpregado como método de detecção de infiltrações em diversos tipos de solos e estruturas.

Por exemplo, o emprego do imageamento elétrico vem sendo utilizado com notória eficiência no estudo da contaminação dos solos dos cemitérios.

Um outro campo em que essa técnica já é um sucesso é na análise de contaminações por derivados de petróleo em solo e água subterrânea (ETR em 2D e 3D) onde o emprego de técnicas tradicionais tais como a sondagens mecânicas e coleta de amostras provaram ser insatisfatórias.

Não obstante é na construção civil que a técnica aplicada no combate às infiltrações revela ser um método ideal onde tantos outros demonstram-se insatisfatórios. A respeito do tema, o professor Mohammad Pour-Ghaz comenta:

‘’A vida útil das estruturas de concreto está diretamente relacionada à sua capacidade de impedir a entrada de fluido e é drasticamente afetada pela presença de rachaduras. Portanto, informações precisas sobre a localização são necessárias para a previsão da vida útil da infraestrutura.
O método ERT inclui a utilização de películas finas eletricamente carregadas (eletrodos) na superfície de elementos de concreto para detectar e quantificar os danos no laboratório dessas estruturas em grande escala. ’’ Mohammad Pour-Ghaz




Dr. Pour-Ghaz desenvolve estudos sobre a durabilidade das estruturas de concreto armado e previsão de vida útil de estruturas de concreto, ensaios não-destrutivos e sensores in-situ, fluxo e transporte em meios porosos fraturados, e materiais sustentáveis para a infraestrutura civil.
Referencias:

Silva, Robson Willians da Costa; Malagutti Filho, Walter. Emprego do imageamento elétrico no estudo da contaminação por cemitérios. Geociências, v. 29, n. 3, p. 343-354, 2010. Disponível em: .
https://www.researchgate.net/...Can_Electrical_Resistance_Tomog..
www.inovacaotecnologica.com.br
Fonte: Redação : Equipe Portal Metálica - Lia Gonzaga.
Data de publicação: 05/01/2017