Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
Kingda Ka: Maior Montanha Russa em Aço do Mundo
Por todas as emoções que causa, a montanha russa é a peça mais importante e um dos brinquedos mais cobiçados nos parques de diversões do mundo inteiro.

Este “brinquedinho” que consiste em um carrinho que desliza sobre trilhos dando loops e quedas bruscas, originou-se na Rússia em meados do século XV. Nela, as pessoas desciam montanhas cobertas com neve, sentadas em blocos de gelo cobertos com palha que, mais tarde, foram substituídos por trenós. Era o começo de uma séria de adaptações e desafios que transformariam a montanha russa na principal atração dos parques.

Hoje, esses enormes instrumentos de entretenimento (ou de tortura, dependendo do ponto de vista), estão cada vez mais desafiando a gravidade, a altura e a velocidade.

E esses desafios só são possíveis com a leveza e as possibilidades que o aço oferece.
Aço: um mundo de possibilidades

Feitas com pistas de aço tubular e rodas revestidas em poliuretano, as montanhas russas em aço podem fornecer um percurso mais suave, mais alto, mais rápido e com mais inversões (também conhecidas como loopings) do que a forma tradicional feita em madeira.

Como o aço pode ser dobrado em todos os sentidos, isso permite uma maior liberdade de manobras, curvas e formas, além de proporcionar menos manutenção quando comparado com uma montanha russa em madeira. Por isso, nos últimos 50 anos, a “vedete” de aço dos parques de diversões, tem conquistado grande popularidade em todo o mundo, desafiando limites da engenharia, da altura e da velocidade.
Pioneirismo sob trilhos de aço tubular

A primeira montanha russa com trilhos de aço tubular, foi criada pela empresa Arrow Dinamics, com a Matterhorn Bobsleds, inaugurada na década de 50, na Disneylândia, Estados Unidos.

Porém, infelizmente, com o passar dos anos, a Arrow Dinamics não conseguiu acompanhar a evolução dos tempos e acabou fechando e sendo vendida para a S&S Power que explodiu no mercado na segunda metade dos anos 90 com a popularização dos Turbo Drops (torre de queda livre vertical).

E por falar em pioneirismo e desafios, vamos conhecer um pouco da grande Kingda Ka: a montanha russa em aço mais alta do mundo!
O céu é o limite

A Kingda Ka é considerada a maior montanha russa em aço do mundo e está localizada no parque Six Flags Great Adventure no distrito de Jackson, em New Jersey, Estados Unidos. Construída pela empresa suíça Intamim AG e projetada por Werner Stengel, a Kingda Ka foi inaugurada em maio de 2005.

Como a região é próxima ao litoral de New Jersey, a Kingda Ka teve que ser projetada para aguentar a força dos furacões, com ventos de mais de 160 km/h. Para tanto, foi criado um reforço extra na torre com passarelas laterais que servem como suporte lateral no arco da torre.
Cada arco que compõe a torre principal da Kingda Ka foi colocado um a um. Mas o desafio principal ainda estava por vir: o encaixe do último arco. Ele que configura a grande torre de 139 metros de altura, o equivalente a um prédio de 45 andares.

Se o arco final do trilho estiver 1 centímetro desalinhado de um dos lados, a torre principal teria de ser reconfigurada. Uma coreografia que precisa ser perfeita, um jogo de centímetros que significou um momento histórico: a inserção do último arco que resultaria na maior montanha russa em aço do mundo, com uma descida de 90 graus e queda livre de mais de 127 metros com meia torção. O passeio é pura adrenalina: 950 metros de trilhos de aço tubular percorridos em 28 segundos.
Montagem do arco final do trilho que configura a torre principal do Kingda Ka
Ela foi projetada para atingir uma velocidade de 206 km/h em 3,5 segundos. O recurso utilizado para essa façanha foi um moderno sistema de lançamento hidráulico, que causa uma sensação similar ao “mergulho” de um avião caça F16.

Esse sistema de lançamento hidráulico garantiu à Kingda Ka, o título da montanha russa mais rápida do mundo desde sua inauguração em maio de 2005. Porém, esse reinado foi adquirido recentemente pela Formula Rossa, - nome dado a montanha russa do Ferrari World, maior parque temático fechado do mundo –, inaugurado dia 04 de novembro de 2010. A Formula Rossa vai de 0 a 240 km/h em 4,9 segundos.

Enquanto isso, o reinado da montanha russa mais alta do mundo continua com a Kingda Ka, até que em algum lugar do mundo, engenheiros decidam levar a tecnologia ao seu limite extremo. Se é que existe o limite!
Confira fotos da montagem da Kingda Ka:
Sistema de lançamento hidráulico

O responsável pela liberação da força que impulsiona o trem a alcançar 206km/h em 3,5 segundos é o sistema de lançamento hidráulico.

Seus motores, um total de 08, são capazes de produzir até 20.800 cv de potência em um único arranque. É mais do que 12 vezes a força de um cv de corrida de Fórmula 1. O sistema funciona como uma catapulta de alta tecnologia. Para efeito de comparação, o motor de um carro potente normalmente fornece cerva de 180 cv de potência.

O trem fica ligado por uma peça chamada Catch Car (CC) que é empurrada ao longo do trilho por um cabo. O sistema hidráulico é o que move o cabo. Quando o operador do brinquedo aperta o botão de lançamento, não há mais volta. O motor entra em ação.
Cabo de lançamento enrolado no guincho e a Catch Car (CC) nos trilhos do Kingda Ka
São diversos motores ligados a um cilindro gigante com 18.927 litros de fluído hidráulico. Esses motores giram o cilindro que, rapidamente, acionam o cabo empurrando o trem para cima como uma espécie de grande mangueira com muita pressão. Custando cerca de 5 milhões de dólares, seu formato lembra uma aranha gigante: grandes mangueiras saem dos cilindros e dos motores e se conectam ao reservatório de fluído hidráulico.
Reservatório de fluído e motores hidráulicos de 500 HP
Porém, o principal componente do sistema de lançamento hidráulico são os enormes tanques acumuladores. Eles são o coração do brinquedo. A ação dos tanques de bombear o fluído hidráulico pelo o motor é a responsável por levar os passageiros à aceleração similar ao “mergulho” de um avião caça F16, citada no início da matéria.
Tanques acumuladores que armazenam a energia produzida pelos motores hidráulicos
Os tanques acumulares funcionam “bombeando sangue por todo o corpo”: o acumulador empurra o fluído hidráulico de modo que o brinquedo tenha um lançamento veloz. Cada tanque acumulador pesa 18.143 kilos e demora em média 12 meses para ser construído.
Confira outras imagens da gigante de aço:
Assista o vídeo abaixo e faça um passeio virtual na Kingda Ka:
Ficha Técnica

Nome: Kingda Ka
Parque: Six Flags Great Adventure
Localização: New Jersey, EUA
Inauguração: 21 de maio de 2005
Fabricante: Intamim AG
Designer: Werner Stangel
Modelo: Strata Coaster
Sistema de Lançamento: Hidráulico
Altura: 139 metros
Extensão: 950 metros
Duração: 28 segundos
Ângulo vertical máximo: 90 graus
Custo: US$ 25 milhões
Quantidade de trens: 04
Capacidade por trem: 18 passageiros
Velocidade máxima: 206 km/h
Fotos: Six Flags, Getty Images, Coaster Force, Dusso Janladde, Amusementpics e National Geographic.
Publicação: Ano 2006