Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
O aço corten e o vidro em destaque na arquitetura residencial
Volume simples contrasta com arranjo interno complexo
Elementos de aço dão privacidade a casa

A casa em Nova Lima, MG, desenhada por Alexandre Brasil e Paula Zasnicoff, tem como destaque a laje cubeta, que ora é vazada como uma pérgula, e as placas de aço corten, semelhantes a guelras, que contribuem para dar privacidade ao volume envidraçado. Reunidos, esses elementos configuram uma simplicidade aparente, que contrasta com o complexo agenciamento dos ambientes internos.
"Esta região, que é separada de Belo Horizonte pela serra do Curral, era destinada à extração de minério de ferro", conta Alexandre Brasil, que, juntamente com Paula Zasnicoff, é autor do projeto desta residência localizada em Nova Lima, cidade da Grande Belo Horizonte. A casa, desenhada para um jovem casal com filhos pequenos, fica em um condomínio fechado cujo arruamento foi desenhado por De Fournier & Associados. O partido do projeto urbanístico manteve os fundos de vales e os topos dos morros sem a interferência do traçado viário. "O terreno é o cume de um dos morros e, por isso, procuramos implantar a construção na área mais alta", relata o arquiteto.
Para alcançar a edificação, a porção frontal do lote, com grande inclinação, foi destinada a uma íngreme rampa de veículos, ladeada pelo acesso de pedestres, que corta o jardim da frente da casa. O acesso à residência propriamente dita fica em um piso semienterrado, onde estão espaços como garagem, serviços, adega e sauna. Contudo, a maior parte do programa doméstico (estar, cozinha e dormitórios) está abrigada em um volume elevado, que funciona como um mirante para a paisagem montanhosa, avistando-se ainda parte dos edifícios de Belo Horizonte. Um pátio de lazer separa o bloco principal, que tem forma de U, em duas partes: na frente, ficam a área social e a cozinha; no fundo, os dormitórios.

Um dos elementos mais fortes desse volume que dá caráter ao projeto é a laje de cobertura com um único nível, nervurada com o auxílio de fôrmas plásticas de 90 centímetros de lado (chamada de cubeta). O concreto foi deixado aparente, o que ajuda a distingui-lo dos fechamentos de alvenaria, pintados de branco. A cubeta também foi utilizada para conformar o volume no trecho aberto do U. Ali, no entanto, ela perde o status de laje e ganha a forma de uma pérgula. "Essa mesma solução, em que não fechamos a laje, também foi usada quando queríamos a entrada de luz zenital", conta Brasil. Isso é observado nos closets, banheiros e no pátio da escada que interliga a garagem à piscina. Em contraste com a laje única da cobertura, a de piso possui dois níveis, distantes 90 centímetros. "Queríamos que alguns ambientes tivessem pé-direito mais alto, como a cozinha e a área de lazer", justifica o arquiteto.
Mas o principal elemento do projeto são as placas de aço corten que qualificam a porção frontal do volume elevado. Elas se assemelham a brises, mas não possuem a função de quebra-sol. "A idéia foi dar privacidade ao volume envidraçado", conta Brasil, descrevendo as peças que, apesar de fixas, parecem-se com guelras. A aparente simplicidade do bloco externo, dada pelas lajes em comunhão com os elementos de aço corten, contrasta com a complexidade do agenciamento dos ambientes e da solução estrutural - modulado conforme a dimensão das cubetas, o volume da frente possui solução estrutural diferente em relação ao do fundo.
O uso da cubeta e as dimensões do volume elevado visto de frente remetem à casa em Aldeia da Serra (2001/02), de Angelo Bucci e MMBB. Contudo, a residência em Nova Lima possui parentesco mais antigo: a casa Nadir Zacarias (1970), desenhada por Ruy Ohtake, seja pelo aspecto do volume, pela rampa frontal ou pelos elementos laterais.
Ficha Técnica

Residência NB
Local: Nova Lima, MG
Data do inicio do projeto:2007
Data da conclusão da obra: 2010
Área do terreno:1.300
Área construída:650
Arquitetura:Arquitetos Associados - Alexandre Brasil e Paula Zasnicoff (autores) e Mariana Borel (colaboradora)
Estrutura e fundações:Marcello Teixeira e Sigefredo Saldanha
Construção:PHM

Fornecedores:
Masifer:brises
Continental Esquadrias: cobertura
Top Mix: concreto
Persimax:toldos, cortinas e persianas
Primor: fachada
Resicon:forros
Márcio Gonçalves Engenharia: fundações
Isolar:impermeabilização
Zanetti:portas
Templuz:luminárias
WS Pedras:pavimentação
Bel Lar:revestimentos
Primor:tintas
Fonte:Revista Projeto Design – Dezembro/2010
Reportagem: Fernando Serapião
Fotos: Leonardo Finotti
Data de publicação: 12/01/2011