Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
Cobertura Tensionada do Anfiteatro Memorial dos Povos
Belém, PA
No norte do País, a cidade de Belém é conhecida pela hospitalidade e gosto cultural. É também denominada a cidade onde "chove todo dia e o dia todo", graças a sua localização geográfica que lhe confere um clima quente e úmido.

Coube ao arquiteto José de Andrade Raiol, a missão de conciliar todas essas características no projeto do Memorial dos Povos de Belém. Inaugurado em 2003, trata-se de um espaço público de 6 mil m2, que inclui também um anfiteatro coberto, destinado à cultura e lazer.

A opção pela cobertura com membrana tensionada conferiu leveza, modernidade, translucidez e estanqueidade ao projeto.

A cobertura proposta para o anfiteatro, inserida num retângulo de 23 x 30 m, foi concebida em forma de sela, apoiada em 4 vértices laterais baixos para o caimento d’ água e dois vértices chamados de mastros rainha e rei, com altura máxima de 8 m.

Em função das características arquitetônicas iniciais, os estudos de busca de forma acusaram inclinação da membrana de 15%, o mínimo inferior considerado adequado para esse tipo de estrutura. Entretanto, alguns detalhes foram acordados e a questão resolvida, elevando-se as alturas dos mastros rei e rainha a pouco mais de 1 m.

Já com a forma definida, os cálculos estruturais para a membrana foram desenvolvidos, considerando-se o carregamento devido ao retesamento e ação do vento, de acordo com a NBR-6123/99. Com os resultados de tensão na membrana, observou-se que a máxima solicitação localiza-se no vértice do mastro rei, sendo de 15 KN/m. Atenção especial também foi dada ao detalhamento dos vértices para evitar rasgos.

Foi especificada a membrana importada da Mehler tipo III, com tensão nominal de 100 KN/m, valor superior à solicitação da membrana. Cabe notar que os coeficientes utilizados nesse tipo de cobertura são realmente altos se comparados com os materiais convencionais. A escolha desta membrana também se pautou pelas exigências desse tipo de projeto: garantia de 10 anos e propriedades fungicidas, antioxidantes, bloqueio contra raio UV e autoextiguível.

Nos estudos, o retesamento da membrana mostra-se bastante satisfatório, indicando deslocamentos da membrana devido à ação do vento, inferiores a 45 cm, valor aceitável dada a flexibilidade das coberturas tensionadas.

A fabricação da membrana consistiu em corte e soldagem com máquina de solda de alta freqüência, de acordo com os padrões de corte definidos no projeto, e somente foi feita após validação do projeto através de maquetes e protótipos em escala 1:10.

Com a definição dos esforços da membrana, os elementos metálicos foram dimensionados. A opção por utilização dos tripés metálicos resultou em baixa taxa de aço para área coberta, cerca de 5 kg/m2. Toda a estrutura foi galvanizada a fogo, devido à umidade da região.

A interface entre a membrana e a estrutura metálica foi feita pelos cabos de 1", fornecidos pela Cimaf, passados através de clipagem e ancorados através dos elementos de conexão, especialmente desenvolvidos para esse fim. Foram utilizadas terminações dos cabos em soquetes abertos e esticadores, que são mais caros, porém bem manuseáveis.

Todos os elementos foram fabricados em São Paulo e devido ao baixo volume, transportados para o local da obra de maneira econômica.

A montagem da estrutura foi feita com o cuidado de monitorar as tensões de retesamento obtidas em projeto, através de macacos hidráulicos. Obviamente, os detalhes metálicos para acoplar os equipamentos foram considerados na fase de projeto.
Maquetes e Protótipos em Escala 1: 10
A Fabricação da Membrana

Corte e soldagem com máquina de solda de alta frequência, de acordo com os padrões de corte definidos em projeto.
Montagem

Todo o processo de montagem foi bastante ágil, sendo concluído em apenas 10 dias!!!
Ficha Técnica

Cliente: Secretaria do Planejamento e Urbanismo da Prefeitura de Belém - PA
Execução: Tecno Staff Engenharia e Estruturas Ltda.
Responsável: Eng Rita de Cássia Antunes Bose

Fornecedores:
Mehler Haku
Cimaf

Equipe Técnica:
Concepção arquitetônica: Arq José de Andrade Rayol
Consultor e calculista da membrana: Eng Ruy Marcelo de Oliveira Pauletti
Consultor e calculista da estrutura metálica: Eng Reyolando Brasil
Beneficiamento e montagem da membrana: Eng Danilo Moreira e Eng Erhard M. C. Drittlhuber

Colaboração:

Rita Bose... SOB TENSÃO... Sua coluna sobre Tensoestruturas. Tel.: (11) 4153-5853. Engenheira civil e mestre em engenharia pela Escola Politécnica da Usp, proprietária da Tecno Staff Engenharia e Estruturas Palestrante sobre Tensoestruturas ( www.tecnostaff.com.br).
Data de publicação: Ano 2006