Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
Drywall, manual de fixação, manutenção e acabamento
Este manual foi desenvolvido pela Associação Drywall para facilitar o trabalho de profissionais das áreas de instalações quando estas estão aplicadas ou associadas a sistemas construtivos de paredes, forros e revestimentos drywall.
O sistema drywall e seus componentes
Os sistemas construtivos em drywall utilizam chapas de gesso de alta resistência, fixadas com parafusos própios para drywall em perfis de aço galvanizado para paredes, forro e revestimentos.

Componentes dos Sistemas
Observação:
*para 2 chapas de gesso utilizar de expansão com tronco duplo ou maior.
Espaçamento mínimo de 40cm entre pontos de fixação.

Para cargas superiores às citadas na tabela acima (suporte de TV, microondas, bancadas, lavatórios suspensos), prever reforços metálicos ou de madeira tratada
de acordo com as recomendações dos fabricantes de chapas de gesso.
Paredes em drywall

A estrutura das paredes de drywall é constituida por guias horizontais fixadas no piso e na laje, e por montantes verticais encaixados nas guias com espaçamento de 60 cm, 40cm ou de acordo com o projeto. Sobre está estrutura, fixar chapas de gesso.
As paredes de drywall podem ter no seu interior: lã mineral, instalações hidráulicas, elétricas, telefônicas e outras.
Para fixar elementos mais pesados como bancadas de pia de cozinha, lavatórios, tanques, televisores, é necessário a utilização de reforços internos fixados nos montantes que podem ser metálicos ou de madeira tratada.
Os montantes têm furos para permitir a passagem de tubulações. Caso seja necessário fazer mais algum furo, deve-se utilizar serra copo para aço seguindo o diâmetro da furação original.

Em seguida, as paredes devem ser fechadas com chapas de gesso parafusadas a cada 25 ou 30cm e é feito o tratamento de junta no encontro das chapas com fita e massa próprias para drywall. Após o lixamento das juntas e cabeças dos parafusos, a superfície da parede está pronta para receber o acabamento final(pintura, papel de parede, cerâmica e etc).
Forros em drywall
Os forro de drywall são constituídos por chapas de gesso parafusadas em uma estrutura de aço. Fixar esta estrutura de aço na laje ou estrutura do telhado por pendurais. Nos encontros entre as chapas de gesso, realizar o tratamento de juntas com massa e fita próprias para drywall.
Revestimento em drywall

Os revestimentos em drywall podem ser estruturados ou colados. Os revestimentos estruturados podem ter o seu interior lã mineral, instalações hidráulicas, elétricas telefônicas e outras.

Os revestimentos estruturados são compostos por chapas de gesso parafusadas sobre perfis de aço.
Os revestimentos colados são compostos por chapas de gesso coladas sobre paredes internas de alvenaria com massa de colagem para chapas de gesso, sem estrutura de perfis. As chapas de gesso recebem pontos de massa de colagem e são aplicadas diretamente sobre a alvenaria. Tanto no revestimento estruturado quanto colado, os encontros entre as chapas de gesso são tratados com fitas e massas próprias para drywall.
Fixação de Cargas

A fixação de cargas leves como quadros, espelhos, prateleiras ou pequenos armários pode ser feita direto sobre a chapa de gesso, bastando para isso buchas próprias para drywall (ver tabela no começo do artigo)

Fixação com buchas tipo parafuso

Fixar somente nas chapas de gesso, não fixar nos montantes.
1- Pregar a ponta da bucha
2- Rosquear a bucha como um parafuso até o final.
3- Aplicar o parafuso na bucha prendendo a peça a ser fixada.

Localizador.
Usar um imã para localizar os montantes.

Bucha de expansão
Fixar somente nas chapas de gesso, não ficar nos montantes. Usada para fixar peças de carga média.(ver tabelas no começo do artigo)

1- Fazer o furo na chapa de gesso com broca compatível
2- Pressionar a bucha
3- Aplicar a bucha no furo até o final
4- Aplicar o parafuso na bucha, prendendo a peça a ser fixada

Bucha Basculante

Fixar nas chapas de gesso ou nos montantes. Usar em cargas leves ou médias, diretamente nas chapas. Usar em cargas pesadas quando aplicadas nos montantes, ou em reforços(metálicos ou de madeira) instalados no interior da parede(ver tabela no começo do artigo). Na necessidade de colocar um reforço no interior da parede.
Pequenos reparos sem abertura da parede

Pequenos furos
1- Furos até 3cm de diâmetro
2- Remover partículas soltas ou pendentes com estilete
3- Encher o furo com massa de colagem. Após secagem, se necessário aplicar nova camada de massa de colagem.
4- Deixar secar e lixar cuidadosamente o local

Fissuras e Trincas
1- Limpar a área e remover partículas soltas ou pendentes com estilete.
2- Preencher a trinca com massa para rejunte
3 e 4- No caso de trincas ou fissuras sobre as emendas das chapas de gesso retirar a massa existente, trocar o pedaço da fita e aplicar massa de rejunte. No caso
de trincas e fissuras fora das emendas das chapas de gesso, aplicar a massa de rejunte. Deixar secar e lixar cuidadosamente. Se necessário, aplicar nova camada de massa de rejunte.
Reparos com abertura da parede

Reforços Internos
Para fixar cargas médias, ou pesadas, colocar os reforços no interior da parede antes do fechamento com as chapas. Os reforços podem ser de peças metálicas ou pedaços de madeira tratada e sempre devem ser fixados nos montantes das paredes. Ao contrário do que ocorre com a alvenaria convencional, com quebras e entulho, para a execução de reparos ou ampliações em redes elétricas ou hidráulicas, com drywall basta recortar a chapa com um serrote de ponta na área a ser reparada. retirar a chapa e fazer o reparo necessário. Aproveitar o pedaço recortado da chapa de gesso para fechar a abertura.

Paredes com lã mineral
- Caso necessário, retirar o pedaço de lã mineral com o auxílio de estilete para realização do reparo.
- Após execução do reparo, aproveitar o pedaço de lã mineral retirado (se necessário usar a peça nova)

Caixas Elétricas
Utilizar caixas elétricas própias para drywall

- Marcar os eixos de furação
- Furar com serra copo
- Retirar as sobras laterais dos furos
- Encaixar e fixar presilhas com parafusos.

Fechamento
Após reparo ou a colocação dos reforços, iniciar o fechamento da abertura:

1- Fixar pedaços de perfil ou de madeira tratada por dentro da parede para servir de apoio para a colocação da chapa de gesso retirada.
2- Fixar o mesmo pedaço de chapa de gesso retirada(se necessário usar peça nova)
3- Limpar a área junto à emenda das chapas, retirando rebarbas de cartão ou particulas de gesso.
4- Executar o arremate da mesma forma que o tratamento de junta, com fita e massa própia.

Tratamento de junta
1- Colocar a fita drywall centrada e pressionar com a espátula para eliminar o excesso da massa.
2- Deixar secar completamente e aplicar nova camada de messa alargando a aplicação em relação à primeira.
3- Após secagem total da massa, lixar cuisadosamente a área envolvida.
Acabamentos

O Drywall aceita qualquer tipo de acabamento: pintura, textura, revestimento cerâmico, papel de parede, etc.

Pintura
Aplicar a pintura de acordo com as recomendações do fabricante da tinta.

Cerâmica
Para aplicação de cerâmica deve ser utilizada uma argamassa flexível tipo ACII ou ACIII.

Textura
Aplicar a textura diretamente sobre a chapa de gesso.

Papel de parede
Aplicar papel de parede de acordo com as recomendações do fabricante.
Fonte: Associação Brasileira dos Fabricantes de Chapas para Drywall
Data de publicação: 10/11/2013