Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
Aplicação de estacas-pranchas em estacionamento subterrâneo na Bélgica
Soluções em contenção: Estacas-pranchas de aço laminadas a quente
Saint-Martens-Latem é uma pequena cidade de 8.000 habitantes localizada na província belga de East Flanders.

A Rua Kortrijksesteenweg é a casa da Mercedes-Benz e do revendedor da Smart. Dois novos showrooms, um workshop e um estacionamento subterrâneo são incluídos entre os novos prédios de serviço de vendas e pós-vendas construídos em 2002.
A parede externa do estacionamento subterrâneo de um nível foi projetada como uma parede de contenção de estaca-prancha e servem como um cerco impermeável para a escavação, além disso suportam as cargas verticais provenientes da estrutura do showroom acima, e por último, mas não menos importante, como elementos visíveis permanentes, elas contribuem de maneira importante à estética para o parque de estacionamento.
O departamento interno de design da ArcelorMittal realizou uma análise estática preliminar e propôs estacas pranchas AZ 18 de 8,5 m em grau de aço S 270 GP com um módulo elástico de 1.800 cm3/m como elementos de parede de contenção. A fundação retangular, de 45 m de comprimento e 23,5 m de largura, oferece uma rampa de acesso de 15 m de comprimento. Os cantos foram executados com conectores C 9 e C 14 e com a ajuda de duas estacas especiais. O design da parede de retenção é baseada na geometria definida pela ELD Partnership e nos registros de sondagem da Bureau Geosonda, que realizou diversos testes de penetração por cone in situ (CPT’s).
Os arquivos do registro verificaram limo macio sem coesão (CPT = 4 MPa) a uma profundidade de 15 m. A perfuração foi interrompida quando uma densa camada de areia foi atingida logo abaixo a El. -15 m. Foi encontrado lençol freático logo abaixo da superfície (El. -0,5 m)
Em razão da proximidade de edifícios existentes, as estacas-pranchas tiveram de ser instaladas com um mínimo de vibração.
Um método praticamente sem vibração utiliza prensas hidráulicas. A contratante usou uma prensa hidráulica ABI equipada com quatro pinças para prender as quatro estacas individuais de uma só vez. Uma das quatro estacas é pressionada para o solo sob pressão ajustável enquanto as outras três estacas fornecem a reação necessária.
A drenagem do lado externo da escavação do edifício foi proibida para evitar o recalque das estruturas nas proximidades.
Ancoragens verticais para prender a laje de fundo no lugar foram instaladas primeiro. O futuro estacionamento foi então escavado e a laje de fundo de concreto foi executada. Uma conexão especial com studs, tubos de injeçã0 e dispositivos de vedação assegura a completa impermeabilidade da estrutura construída abaixo do nível do lençol freático. A construção do estacionamento e dos showrooms prossegue no sistema seco. Os conectores das estacas pranchas AZ 18 foram vedados com solda para atingir 100% de impermeabilidade.
Um revestimento de pintura foi aplicado por motivos estéticos.
Data de publicação: 19/08/2010