Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo

Uma resiência com estrutura metálica e fechamento de painéis em vidro

Uma resiência com estrutura metálica e fechamento de painéis em vidro

Uma resiência com estrutura metálica e fechamento de painéis em vidro, que pode ser montada e desmontada em até três semanas e realojada em qualquer outro terreno. Essa foi a proposta dos arquitetos Abreu Junior e Beatriz Kubelka para a casa, montada na mostra de arquitetura Casa Nova 2008, e remontada no Morro das Pedras, no litoral de Florianópolis (SC).

O uso do aço como elemento estético e funcional foi a solução construtiva para garantir flexibilidade ao conjunto. “O conceito era de que a casa pudesse ser realocada em outro terreno,e por isso sua estrutura, cobertura e piso foram pensados para a situação”, diz Marcos Antonio Polli, sócio-diretor da PJ Engenharia, responsável pelo projeto estrutural.

A definição de que a casa seria montada posteriormente em áreas costeiras, onde estaria sujeita a agressões de uma atmosfera salina e ventos intensos, foi importante para a escolha dos materiais. Para a execução, perfis em aço de alta resistência à corrosão foram empregados.

No piso, a opção foi por painéis de 4 cm em fibrocimento e recheio em madeira autoclavada na área interna da casa. Externamente, deques de madeira modulares contornam a residência. Na cobertura, foram utilizadas telhas térmicas sem emendas no sentido transversal, com miolo de EPS 30 mm. As calhas e demais vedações foram embutidas em um perfil de acabamento aplicado no perímetro, que ajudaram a
manter o layout retilíneo sem interrupções.

Leveza estrutural

Os fechamentos em vidro precisavam de perfis resistentes a deformações. Considerando as áreas de piso e cobertura, a taxa de consumo de aço da estrutura foi de 27 Kgf/m2, índice semelhante ao de mezaninos comerciais. "Esta taxa de consumo de aço, mais tarde também verificada em outras obras, demonstra que a construção residencial em aço é tão competitiva quanto a convencional, mas quando idealizada para esta finalidade”, diz Polli.

Como vantagem adicional, o baixo peso da construção implicou em cargas reduzidas para as fundações. A proteção das estruturas também exigiu atenção. Apesar da utilização do aço patinável, caracterizado por sua alta resistência à corrosão, a presença de cloretos e demais compostos iônicos transportados pela névoa salina demandou tratamento diferenciado à construção. Na casa, os perfis foram tratados por
jato abrasivo até a completa remoção da carepa de laminação para, posteriormente, serem protegidos com primer epóxi até atingirem a espessura recomendada pelo fabricante.

Alterações estruturais

Na realocação das estruturas para o litoral, os pilares em aço foram apoiados sobre bases de concreto para elevar a casa e a ampliar o horizonte visual a partir das varandas. A estratégia possibilitou, ainda, a criação de espaço para a garagem. O deque externo, que contorna a residência, também foi ampliado para receber ofurô e área de lazer. A desmontagem na Mostra Casa Nova 2008 foi feita em apenas três dias. Já a montagem da residência no Morro das Pedras foi concluída em 15 dias. “As fases de projeto estrutural, aquisição de materiais, fabricação e tratamento consumiram mais tempo, cerca de 30 dias”, relembra Polli. (G.C.)

Sobre a obra

Projeto arquitetônico: Abreu Junior Arquitetura Eireli
Área construída: 112 m²
Aço empregado: perfis em aço de maior resistência à corrosão ASTM A588 (ABNT NBR 7007 AR 350COR)
Volume de aço: 6 toneladas
Projeto estrutural: PJ Engenharia
Fornecimento da estrutura de aço: PJ Engenharia
Execução da obra: PJ Engenharia
Local: Florianópolis, SC
Conclusão da obra: 2008

Notícias

CONSTRUÇÃO CIVIL
Emccamp conclui obras da biblioteca de Santa Bárbara d Oeste (SP)
CURSOS
Entidades realizam evento sobre prevenção de acidentes de trabalho na construção
CONSTRUÇÃO CIVIL
Reforma de escola do século XIX é concluída no Centro de São Paulo
INFRAESTRUTURA
Engie recebe autorização para operar usinas de energia solar

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Tecnologia facilita a vida de moradores e síndicos em prédios de Taubaté (SP)
CONSTRUÇÃO CIVIL
Paredes funcionais criam espaços otimizados em apê
ARQUITETURA
Prédio de laboratório de inovação e pesquisa em madeira é tema de estudo de caso
INFRAESTRUTURA
Urbanidade qualificatória aponta carências da periferia

a maior cascata artificial do mundo que despenca de um arranha-ceu
ARQUITETURA
A maior cascata artificial do mundo que despenca de um arranha-céu
ARQUITETURA
Obra de Oscar Niemeyer é exibida nas ruas do Rio de Janeiro
ECONOMIA E MERCADO
Confiança da construção sobe 0,8 ponto em dezembro ante novembro, revela FGV
CURSOS
CMI/Secovi-MG oferece curso de férias sobre estratégias para aprimorar comunicação no setor imobiliário