Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo

Vendas no varejo de material de construção estabilizam em janeiro

Vendas no varejo de material de construção estabilizam em janeiro

O varejo de material de construção teve desempenho estável no mês de janeiro, na comparação com dezembro. Já com relação a janeiro do ano passado, o setor teve queda de 9%.O desempenho já era esperado pela Anamaco (Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção), que tradicionalmente registra um início de ano com pouco movimento. “Início do ano sempre é complicado porque temos o pagamento de IPTU, IPVA, retorno das aulas, férias de janeiro, as contas do cartão de crédito de dezembro (com todos os presentes de Natal). A lista é longa…e começou a faltar dinheiro principalmente no final do mês”, declara Cláudio Conz, presidente da Anamaco.

Nos últimos 12 meses, o setor registrou crescimento de 6,5%, lembra ele. “Em 2018 tivemos faturamento recorde de R$ 122 milhões. Estamos vindo de uma crescente, mas pra gente o ano começa mesmo depois do Carnaval, que é quando as pessoas geralmente voltam a pensar em reforma e construção, porque elas demandam tempo e planejamento”, explica.

A Pesquisa Tracking mensal da Anamaco entrevistou 530 lojistas entre os dias 24 e 30 de janeiro. Todas as regiões do país apresentaram resultados abaixo do esperado em janeiro: Nordeste (-26%), Norte (-15%), Sudeste (-12%) , Sul (-9%) e Centro-Oeste (-3%). Entre as categorias pesquisadas, tintas apresentaram a maior retração no período (-40%), seguidas de revestimentos cerâmicos (-17%). Já telhas de fibrocimento cresceram 4% no mês, possivelmente por conta do aumento de volume de chuvas.

“Para fevereiro, os lojistas estão mais otimistas. 45% dos entrevistados acredita em recuperação de parte das vendas, mas ainda assim deve ser um mês com pouco volume de vendas, comparado a outros meses do ano. O aumento do volume de chuvas ocasiona obras de reparo, mas as obras mais estruturais acabam ficando pra depois que a época de chuvas passa”, completa o presidente da Anamaco.

O levantamento também apontou que 86% dos entrevistados estão otimistas com o novo governo. Enquanto 45% pretendem realizar investimentos nos próximos 12 meses, 20% dos entrevistados querem contratar novos funcionários já em fevereiro.

Para 2019, a Anamaco prevê crescimento de 8,5% sobre 2018.

Realizada pelo Instituto de Pesquisas da Anamaco, a Pesquisa Tracking Anamaco tem o apoio da Anfacer, Abrafati e Instituto Crisotila Brasil.

Mais informações:

Assessoria de Imprensa - Anamaco

Notícias

empresa desenvolve telhas ceramicas integradas com placas solares
CONSTRUÇÃO CIVIL
Empresa desenvolve telhas cerâmicas integradas com placas solares
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Película para telhados substitui o ar condicionado com zero consumo de energia
INFRAESTRUTURA
1º sistema de armazenamento de energia solar inicia operação em Uberlândia
ECONOMIA E MERCADO
Pesquisa do Sinduscon-MG revela que o número de imóveis novos disponíveis para venda caiu em Belo Horizonte e Nova Lima

ECONOMIA E MERCADO
Dados do SindusCon-SP apontam alta de 2% no PIB da construção em 2019
CONSTRUÇÃO CIVIL
Ferragens Pinheiro aposta em produtos que são tendência no mercado
CONSTRUÇÃO CIVIL
Taiwan cria maior centro cultural em área coberta do mundo
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Maior ponte impressa em 3D do mundo é inaugurada na China

CURSOS
Curso gestão de projetos na Construção Civil com base no PMBOK
EMPRESAS
Cooperativa de compras do Sinduscon-MG firma parceria com o sindicato da construção pesada
ARQUITETURA
AccorHotels lança hotel modular feito de contêineres reaproveitados
CURSOS
Workshop: Pré-dimensionamento de Perfis Laminados