Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo

Leipzig Glass Hall

O conceito de projeto une simplicidade de construção com elegância e economia, tornando o pavilhão em um fino escudo transparente que protege as pessoas, mas integra o lugar com o entorno.

Leipzig Glass Hall
Construído em 1996, o Centro de Exposições de Leipzig é ainda o maior pavilhão de vidro do mundo

Projetado pelo escritório inglês Ian Ritchie Architects Ltd (IRA), em colaboração com os escritórios IPP Ingenieurbüro e HL-Technik, o Centro de Exposições de Leipzig, na Alemanha, é uma das obras mais significativas do período da reconstrução das cidades da antiga Alemanha Oriental após a unificação do país nos anos 1990.

O principal desafio deste "grande jardim de inverno" era atrair visitantes e novos negócios para o local. Sua construção durou 10 meses e custou 18 milhões de dólares na época, mas, ainda assim, ficou 20 milhões abaixo do orçamento previsto. Ainda hoje as linhas elegantes de sua estrutura e as soluções criativas de fixação são referências para arquitetos do mundo todo. "Utilizamos técnicas de fabricação bastante inovadoras para a época. Tínhamos muitos desafios: além das medidas do pavilhão, 238 metros de comprimento, 80 metros de largura e 30 metros de altura no ápice, das instalações necessárias como área para alimentação, lojas, guarda-volumes, etc., era necessário garantir transparência, conforto térmico durante o ano todo e ainda pensar nos fluxos de pessoas", explica Anthony Summers, arquiteto do IRA.

A estrutura abobadada é composta por uma concha ortogonal formada por uma rede tubular de diâmetro uniforme, reforçada por treliças em arco a cada 25 metros.


Os detalhes de projeto são impressionantes, das conexões entre elementos estruturais à fixação dos painéis de vidro, passando por saídas de emergência com portas de deslize vertical, ventilação natural para o verão, piso aquecido para o inverno e ainda um paisagismo interno com carvalhos portugueses e magnólias.

Foi projetado até um pequeno robô para realizar a limpeza do pano de vidro, para manter a transparência e luminosidade do pavilhão.

"Durante a elaboração das peças estruturais, percebemos que seria necessário o máximo de pré-fabricação para evitarmos muitas soldas, que poderiam complicar a fixação dos painéis de vidro, por isso cada detalhe foi desenhado e ensaiado em modelos. Foi todo esse cuidado de projeto que tornou o Leipzig Glass Hall uma referência", conclui Summers.


Ficha Técnica

Leipzig Glass Hall
Cliente: Feiras de Leipzig Sociedade Ltda.
Período de construção: 1993-1995
Área bruta de construção: 273.000 m²
Volume total: 2.608.255 m³
Início da Construção: 2007
Conclusão da obra: 2014

CBCA / Notícia | Revista Construção Metálica - edição 115/2014
Notícias

curso de galvanizacao a fogo fundamentos e inspecao
CURSOS
Curso de Galvanização a Fogo: Fundamentos e Inspeção
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Novo app gratuito dimensiona sistema de energia solar em um minuto
ECONOMIA E MERCADO
Aluguel de imóveis residenciais cai 0,33% em agosto, diz Fipezap
TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Transformação digital alavanca setor imobiliário

curso radier - projeto e execucao chega a capitais nordestinas
CURSOS
Curso Radier - Projeto e Execução chega a capitais nordestinas
ARQUITETURA
Arquitetura inteligente consolida identidade de empresas
CURSOS
Aberto processo seletivo para o estágio no Governo de São Paulo
CONSTRUÇÃO CIVIL
Justiça de São Paulo condena empresas por esquadrias fora de norma

tubotech 2017 feira reune toda a cadeia do setor de tubos no mes de outubro em sao paulo
EVENTOS
TUBOTECH 2017: feira reúne toda a cadeia do setor de tubos, no mês de outubro, em São Paulo
CURSOS
Equipe da Mackenzie vence 10º Concurso do CBCA para Estudantes de Arquitetura
CONSTRUÇÃO CIVIL
Fachadas de ACM com pintura em PDVF podem durar de 30 a 50 anos
CURSOS
Rio de Janeiro vai sediar II Conferência Nacional de Arquitetura e Urbanismo