Fale conosco Anuncie Sobre o Met@lica Links Recomendados
OBRAS ARTIGOS TÉCNICOS MATERIAIS E PRODUTOS GUIA DE EMPRESAS TABELAS PROGRAME-SE NOTÍCIAS
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo
photo

Você sabia que fazer o projeto certo é mais importante do que fazer o projeto de forma correta?

Você sabia que fazer o projeto certo é mais importante do que fazer o projeto de forma correta?
O Professor e consultor Alvaro Camargo é um expectador privilegiado no cenário brasileiro de grandes projetos. Como Professor do MBA de Gerenciamento de Projetos da FGV, Camargo possui acesso direto à uma grande quantidade de profissionais que estão envolvidos com o desenvolvimento dos mais variados projetos nos mais diferentes segmentos da economia.

Camargo nota que existe uma grande preocupação das empresas em cumprir prazos e orçamentos quando do desenvolvimento de projetos. Mas o Professor alerta para o fato de que fazer projetos da maneira correta é apenas parte do problema. Existe algo mais importante do que fazer os projetos no prazo certo, dentro do orçamento previsto e com a qualidade desejada: fazer o projeto correto.

"O que se observa é que nem todo projeto que é desenvolvido pelas empresas possuem boa ancoragem em modelo de negócio robusto que torne sustentável a operação do projeto após seu término", afirma Camargo. "Evitar fazer projetos cujos fundamentos de negócio não se sustentam é a melhor forma de evitar desperdício de tempo e capital. Não é à toa que venho recebendo uma demanda maior por cursos de capacitação que incluam não apenas as técnicas de gerenciamento do projeto em si. O mercado demanda também a capacitação de profissionais no entendimento de modelos de negócio e das bases estratégicas sobre as quais um projeto será desenvolvido", completa o Professor.

"Um exemplo atual é o aeroporto de Ciudad Real na Espanha. Embora o projeto tenha sido planejado e gerenciado de forma a entregar um aeroporto moderno, o fato é que não havia demanda de passageiros e cargas para sustentar o aeroporto. O aeroporto ficou às moscas durante alguns anos até que foi vendido em 2015 por apenas 10 mil euros para o grupo chinês Tzaneen International. Detalhe: o projeto custou 450 milhões de Euros. Um prejuízo enorme. A preocupação foi fazer um aeroporto. Não houve a preocupação de fazer do aeroporto um negócio rentável, com um modelo de negócio que permitisse sua sustentabilidade econômica e financeira".

Por isso, observa o Professor Alvaro Camargo, os conhecimentos sobre estratégia e modelo de negócios serão cada vez mais importantes para os profissionais que desenvolvem projetos.

Fonte: Obra24hs
Notícias

CONSTRUÇÃO CIVIL
Emccamp conclui obras da biblioteca de Santa Bárbara d Oeste (SP)
CURSOS
Entidades realizam evento sobre prevenção de acidentes de trabalho na construção
CONSTRUÇÃO CIVIL
Reforma de escola do século XIX é concluída no Centro de São Paulo
INFRAESTRUTURA
Engie recebe autorização para operar usinas de energia solar

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
Tecnologia facilita a vida de moradores e síndicos em prédios de Taubaté (SP)
CONSTRUÇÃO CIVIL
Paredes funcionais criam espaços otimizados em apê
ARQUITETURA
Prédio de laboratório de inovação e pesquisa em madeira é tema de estudo de caso
INFRAESTRUTURA
Urbanidade qualificatória aponta carências da periferia

a maior cascata artificial do mundo que despenca de um arranha-ceu
ARQUITETURA
A maior cascata artificial do mundo que despenca de um arranha-céu
ARQUITETURA
Obra de Oscar Niemeyer é exibida nas ruas do Rio de Janeiro
ECONOMIA E MERCADO
Confiança da construção sobe 0,8 ponto em dezembro ante novembro, revela FGV
CURSOS
CMI/Secovi-MG oferece curso de férias sobre estratégias para aprimorar comunicação no setor imobiliário