Banner
Conheça nossa
Loja Virtual

Telhas termoisolantes

Produto proporciona conforto térmico e acústico para o usuário

Telha termoisolanteAs telhas termoisolantes têm como principal função reduzir as trocas térmicas, mantendo o ar fresco e numa temperatura agradável por mais tempo ao diminuir o calor. Elas podem ser utilizadas em edificações sempre que necessário reduzir as trocas térmicas, condicionar temperaturas internas e diminuir o consumo de energia elétrica com sistemas de ar-condicionado. Esse tipo de cobertura também se mostra interessante em locais com um grande volume de umidade.

O produto é composto por duas chapas de aço ou alumínio e um material isolante, cujo objetivo é proporcionar conforto térmico e acústico. O grau de isolamento depende dos materiais utilizados na composição da telha. Para comparar desempenhos, os coeficiente: globais de transmissão de calor devem ser analisados, dessa forma quanto menor o coeficiente, melhor o isolamento. Por ser uma cobertura industrializada e modular, as telhas termoisolantes podem ser montadas de forma mais rápida do que outros métodos. Os principais modelos disponíveis no mercado contém núcleo isolante constituído por espumas rígidas (feitas de poliuretano ou poliisocianurato), materiais expansíveis (como poliestireno) ou minerais (como lã de rocha ou lã de vidro), aderidos a um substrato metálico que serve como revestimento externo, na maioria das vezes em aço.

cobertura industrial e modular

Por ser uma cobertura industrializada e modular, as telhas termoisolantes podem ser montadas de forma mais rápida do que outros métodos.

Uma das facilidades da telha termoisolante com isolamento em poliuretano e poliestireno é o fato de já virem prontas para uso. Já os sistemas com lãs são vendidos desmontados e são instalados por etapas: montagem da telha metálica sobre a estrutura do telhado, instalação dos espaçadores, desenrolamento das mantas e instalação da última camada de telhas. Este sistema demanda arremates de borda cuidadosos para que a manta não fique exposta.

Características

telhas termoisolantesOs principais formatos de telhas termoisolantes são os ondulados e trapezoidais. As empresas do setor costumam oferecer opções de comprimento variável definido de acordo com o projeto, e de grande largura que em geral e em torno de 1 m por telha. Há diferenças também em relação aos modelos de fixação que podem ser zipada, sem furos externos ou parafusada. "As diferenças mais significativas estão nas vantagens dos núcleos isolantes. O poliuretano tem um ótimo potencial de isolamento térmico e conservação da função estrutural, enquanto que o polisocianurato tem melhor desempenho nos testes de flamabilidade. Já a lã de rocha, apesar de contar com peso médio superior, é totalmente incombustível", explica o vice-presidente de coberturas metálicas da ABCEM (Associação Brasileira da Construção Metálica), Fúlvio Zajakoff.

As grandes empresas contam com processo automatizado de produção em larga escala, com maquinas continuas que podem chegar a 150 metros ininterruptos. Essas maquinas fazem o processo de desbobinar o aço e moldam o formato das telhas, que em seguida recebem uma camada de núcleo isolante por injeção. Na sequencia, com a inserção de uni agente expansor, e após um processo de cura em prensa, a telha se aproxima do seu formato final, alcançado após o corte e finalização da cura via cooling automático. "Temos também a possibilidade de produção de maneira descontinua, que gera resultado similar, porém sem a mesma velocidade e produtividade de larga escala das maquinas continuas", completa Zajakoff.

O segmento industrial possui os empreendimentos que mais utilizam as telhas termoisolantes, especialmente em galpões. Já o uso em residências ainda é pequeno no Brasil principalmente em virtude do design das telhas que ainda caminham rumo a competitividade no que diz respeito a opções e modelos. Outro fator de impasse em relação à area residencial e achar mão de obra especializada que conheça os cuidados de fixação que este sistema requer, que diferem do telhado tradicional com telhas cerâmicas ou de concreto. "No mercado já existem telhas termoisolantes com a face exterior imitando telhas cerâmicas e o núcleo formado por espuma rígida de poliuretano com instalação por sobreposição, mas mesmo assim o mercado ainda se mostra resistente. Com acabamento de menor custo, o segmento de habitação popular esta iniciando esta aplicação", explica a professora de materiais de construção dos cursos de engenharia civil e arquitetura da FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado), Lucy Inés Olivan.

onduladas e trapezoidais

Os principais formatos de telhas termoisolantes são os ondulados ou trapezoidais.

Apesar do baixo uso residencial, a demanda por telhas termoisolantes aumenta a cada ano, pois se trata de uma solução que supera os benefícios esperados de uma telha comum, como sua durabilidade, proteção contra intempéries e estanqueidade. "O incremento do uso das telhas termoisolantes é, acima de tudo, um desafio comercial que passa por um processo de aculturação. Hoje, o alcance dessa solução construtiva é maior que há alguns anos, de certa maneira pelo avanço do poder aquisitivo do consumidor final, que passou a valorizar opções mais completas e com mais benefícios embutidos. Tanto nos segmentos industriais e comerciais, quanto no residencial, à inserção das telhas termoisolantes é um grande desafio, uma mudança de paradigma, considerando que o uso de métodos convencionais como telha cerâmica ou metálica sem isolamento é bastante comum", afirma Zajakoff.

No Brasil, ainda não existem normas técnicas específicas que orientem a fabricação de telhas termoisolantes, porém os materiais que compõem o sistema possuem suas regras definidas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). "As chapas de alumínio são regidas pela NBR 7823:2007 e as telhas de aço revestido de seca o trapezoidal pela NBR 14514:2008. Existe também a norma NBR15575-5:2013 (Edificações habitacionais - Desempenho e requisitos para sistemas de coberturas), que deve ser contemplada", ressalta Lucy Inés Olivan.

Autor: Fábio Laudonio

Fonte:

CBCA/Revista Engenharia Civil

 

 

     

    Preço
    R$ 458,90
    à vista

    ou em até 10x de R$ 45,89


    Preço
    R$ 71,30
    à vista

    ou em até 2x de R$ 35,65

    M_in_noticia